Prémio de Responsabilidade Social entregue à Fundação Benfica

A Fundação Benfica venceu o Prémio de Responsabilidade Social do mês de março com a iniciativa “Juntos pela Ucrânia”, através da realização de ações de apoio aos ucranianos que se encontram em situação de escassez de bens de primeira necessidade. Realizaram, ainda, uma ativação em jogo, que contou com a envolvência de todos os jogadores, com a utilização de uma braçadeira decorada com as cores da Ucrânia. Uma iniciativa solidária que contou com o apoio do Presidente do Sport Lisboa e Benfica, Rui Costa, entre outros dirigentes do clube.

Carlos Moia, Presidente Executivo da Fundação Benfica, que também participou nesta ação, demonstrou a sua satisfação com a mesma, afirmando que “é uma alegria saber que os produtos angariados foram distribuídos nos locais previstos”. “É muito importante para o desporto português que as Fundações proliferem por este país, pois o desporto congrega, agrega e é um grande veículo para ajudar as pessoas que precisam”, concluiu.

Em representação da Fundação do Futebol, Tiago Madureira, Diretor Executivo da Liga Portugal, destacou a dimensão desta iniciativa, garantido que a mesma “será, durante muito tempo, uma referência de tudo aquilo que o Futebol pode aportar, a nível da Responsabilidade Social”. “Esta ação da Fundação Benfica é altamente meritória, pela sua dimensão, pela capacidade que teve de agrupar e aglutinar tantos intervenientes, mas também pela rapidez com que foi realizada”, elogiou.

Esta foi a maior ação de solidariedade de sempre da Fundação Benfica. Uma operação que juntou cerca de 100 toneladas de produtos essenciais e prioritários para auxiliar a população ucraniana. Uma ajuda que, numa altura de dor e sofrimento, serviu como forma de amenizar as vítimas da guerra num país que já tem mais de um milhão de refugiados e onde ainda permanecem quase 40 milhões de pessoas, que lutam todos os dias pela sobrevivência.



Partilhe nas redes